Header Ads

Romero Rodrigues desponta com um dos principais expoentes no combate ao Covid-19 no Brasil


O
 prefeito Romero Rodrigues (PSD), de Campina Grande, tem despontado como um dos principais expoentes do tratamento precoce da covid-19.

O município está situado a cerca de 120 quilômetros da capital João Pessoa e com mais de 400 mil habitantes, tem apresentado números de pacientes recuperados que impressiona.

Romero Rodrigues nadou contra a maré e colocou à disposição da população o uso da hidroxicloroquina associada a outros medicamentos em unidades de saúde, logo na entrada do paciente no sistema unico de saúde, a UPA do Alto Branco.
O protocolo adotado foi apresentado em uma transmissão ao vivo feita pelas redes sociais ainda no mês de maio.

A decisão de Romero foi aprovada pelos médicos que compõem a equipe de controle do coronavírus e adotado também no Hospital Pedro I, que se tornou referência no tratamento da Covid-19 na Paraíba. No inicio alguns médicos não queriam a utilização por falta de uma comprovação cientifica mas no final a rede de combate deixou a disposição do paciente a escolha em usar ou não o protocolo.
O “Kit Covid-19”, entregue no estágio inicial dos sintomas do novo coronavírus, é também composto por azitromicina e ivermectina – medicamentos criticados quanto a sua eficácia. Os resultados impressionam: São 7.794 casos confirmados nesta segunda, 13, e destes 7.280 pacientes já recuperados, o que corresponde a mais 93% de pacientes curados. Enquanto a média de pacientes recuperados no Estado da Paraíba é de pouco mais de 30% de pacientes curados em relação aos casos confirmados.

O Protocolo

A experiência, considerada de sucesso, do prefeito Romero Rodrigues, conforme ele mesmo conta, começou no início de fevereiro, quando o serviço de saúde do município foi reestruturado.

“Em março, fizemos um protocolo, reunindo os médicos da minha equipe e esse protocolo se baseou no protocolo de Madri, de Bérgamo e de Marselha. Desde o final de março, quando tivemos o primeiro caso, temos feito o tratamento precoce de todos os pacientes com sintomas leves de covid-19, com diagnóstico clínico e tomográfico“, conta.

O prefeito relatou ter sido criticado no início, mas nenhum dos pacientes tratados precocemente evoluiu a tubo, respirador, UTI ou óbito. 

Outra medida tomada foi tratar os contactantes, quem tem alguém com covid-19 em casa, com profilaxia. 

Profissionais de saúde também são tratados com a profilaxia e, Segundo o prefeito e medidas foram tomadas para proteger os profissionais que estão na linha de frente do combate ao covid-19, e para proteger suas famílias, com hospedagem e transporte gratuito aos profissionais.

“É uma experiência de sucesso. Estamos conseguindo controlar a doença. Mas há também uma procura tardia, quando a pessoa só procura o tratamento no 10º dia e ai precisamos usar a estrutura montada no Hospital Pedro I e no Hospital de Campanha, são várias ações que possibilitam a diminuição de procura e isso é visivel na UPA”, comenta o prefeito.

Nenhum comentário