Header Ads

Justiça determina bloqueio de dinheiro e imóveis de Ricardo Coutinho, acusado de ser chefe da Orcrim


O juiz Wolfram da Cunha Ramos, da 3ª Vara Criminal de João Pessoa, negou recurso da defesa do ex-governador e ex-presidiário Ricardo Coutinho (PSB), que tentava o desbloqueio de bens do criminoso. Ricardo Coutinho cumpre medidas cautelares, após ser preso na Operação Calvário, apontado como chefe de uma organização criminosa responsável por roubar milhões dos cofres públicos da Paraíba.

Ao negar o recurso da defesa, o juiz Wolfram da Cunha Ramos determinou ainda o bloqueio de títulos de previdência privada estimados em R$2.492.194,00; Imóvel localizado no Condomínio Bosque das Orquídeas, no 600, Casa 426, Portal do Sol, João Pessoa-PB; Terrenos – lotes 23 e 25, localizados na Rua dos Cajueiros, Ponta do Seixas, João Pessoa-PB; Imóvel localizado na Rua Desportista Aurélio Rocha, no 655, bairro dos Estados, João Pessoa-PB e terreno em uma área rural de 4 hectares, localizada no Município de Bananeiras-PB.

Clique AQUI e confira o documento


pagina1pb

Nenhum comentário