Header Ads

OMS diz que pandemia na América Latina ainda não chegou ao pico


O diretor de emergências da OMS, Michael Ryan, reforçou, nesta quarta-feira (24), que a pandemia de Covid-19 na América Latina ainda não chegou ao pico e que ela deve resultar em “número sustentado de casos e mortes contínuas” nas próximas semanas.

“Eu caracterizaria a situação na América Latina como ainda em evolução, não atingiu seu pico. Deve resultar, provavelmente, em número sustentado de casos e morte contínua nas próximas semanas”, declarou Ryan, que acrescentou que a altura e a duração deles depende de ações dos próprios governos e da sociedade.

Michael Ryan explicou que essas ações afetam a trajetória de descida do número de casos. Tem tudo a ver com a intervenção do governo para responder, com a cooperação da comunidade com a intervenção e com a capacidade de atuação dos sistemas de saúde.

“O vírus explora uma vigilância fraca. O vírus explora os sistemas de saúde fracos. O vírus explora a má governança. O vírus explora falta de educação, falta de empoderamento das comunidades. Essas são as coisas que precisamos abordar”, enfatizou.

Nenhum comentário