Header Ads

Novamente a pressão do MP surte efeito e Prefeito vai manter bares, academias e restaurantes fechados em CG


O prefeito Romero Rodrigues (PSD) deverá anunciar hoje a manutenção do fechamento de bares, restaurantes e academias em Campina Grande. Havia a previsão de que esses estabelecimentos pudessem reabrir as portas a partir da próximas segunda-feira, mas duas reuniões realizadas com representantes do Ministério Público Federal, do Trabalho e Estadual (MPs) terminaram provocando um ‘recuo’ por parte da prefeitura.

A decisão, até certo ponto, já era esperada. É que o município de Campina Grande continua com a bandeira laranja, que proíbe a reabertura desse tipo de estabelecimento nesse instante – obedecendo ao decreto e ao cronograma estabelecido pelo Estado de retomada das atividades econômicas. E isso, no entendimento do Ministério Público, deve ser observado.

Para não correr o risco de ter uma decisão de flexibilização ‘derrubada’ no Judiciário mais na frente, Romero seguirá a recomendação dos MPs.

Um dos argumentos da prefeitura, para a reabertura, está na possível alteração dos dados que colocam a cidade na bandeira laranja. De acordo com o município, foram registrados cerca de 1000 casos da doença em duplicidade, o que provocaria o aumento da taxa de transmissão do vírus (um dos indicadores para a escolha das cores das bandeiras) na cidade.

A questão dos números, porém, ainda não foi totalmente esclarecida. Até lá, tudo indica, o município terá que se alinhar ao cronograma de reabertura do Estado.

No caso dos shoppings e galerias, também inseridos na segunda etapa da reabertura, a prefeitura tentará promover uma reabertura gradual. Eles, porém, também estão fora da bandeira laranja.

Confira a Ata da reunião entre PMCG e MPs

Nenhum comentário