Header Ads

FGTS emergencial 2020: alguns só terão acesso ao dinheiro daqui a 5 meses

.



Se você está esperando ansiosamente para sacar o FGTS emergencial, saiba que se você nasceu nos meses de novembro ou dezembro, o acesso ao dinheiro ainda deve demorar mais alguns meses. A Caixa divulgou no último sábado (13), o calendário de pagamentos do FGTS e trouxe datas bem espaçadas entre os depósitos em conta e a possibilidade de saque e transferência dos valores. O saque do FGTS emergencial será liberado a todos os trabalhadores que têm saldo em contas ativas ou inativas do Fundo. Mesmo que você tenha um bom montante guardado, o governo irá liberar o valor máximo de R$ 1.045, um salário mínimo por pessoa, independentemente do número de contas.

O presidente do banco, Pedro Guimarães, anunciou que o calendário foi formatado para evitar aglomeração nas agências da Caixa e envolverá duas fases: uma para crédito dos valores na conta e outra para liberação de saques/transferências levando em conta o mês de nascimento do trabalhador. Os créditos em conta começam no dia 29 de junho, mas os saques só serão liberados no dia 25 de julho para os nascidos em janeiro. O modelo segue o que vem sendo praticado no calendário de pagamentos do auxílio emergencial.

Calendário FGTS

Confira como ficaram as datas de liberação dos créditos em conta e também as datas para saques/transferências do FGTS emergencial, de acordo com o mês de nascimento do cidadão. As informações foram repassadas pela Caixa.FGTS emergencial 2020: alguns só terão acesso ao dinheiro daqui a 5 meses

Mês de nascimentoCréditos na contaDisponível para saque e transferência
Janeiro29 de junho25 de julho
Fevereiro6 de julho8 de agosto
Março13 de julho22 de agosto
Abril20 de julho5 de setembro
Maio27 de julho19 de setembro
Junho3 de agosto3 de outubro
Julho10 de agosto17 de outubro
Agosto24 de agosto17 de outubro
Setembro31 de agosto31 de outubro
Outubro8 de setembro31 de outubro
Novembro14 de setembro14 de novembro
Dezembro21 de setembro14 de novembro

A liberação do crédito nas contas dos beneficiários poderá ser movimentada para pagamento de contas e boletos por meio do aplicativo Caixa TEM.

A Caixa enfatizou que o calendário foi pensado para evitar filas nas agências durante a pandemia. O presidente Pedro Guimarães disse ainda que “a cada semana vamos realizar o credito digital na conta dos brasileiros. Sempre às segundas-feiras, com exceção do dia 8 de setembro, porque dia 7 é feriado. Pelas próximas 12 semanas, a cada segunda feira, 5 milhões de brasileiros recebendo esse depósito e terão o saque sendo permitido a partir de cada sábado“, frisou.

Saque do FGTS emergencial

Assim, alguns cidadãos terão que esperar até 5 meses para sacar o FGTS de R$ 1.045, os nascidos em novembro e dezembro, por exemplo. Para estes, o benefício trabalhista estará disponível para saque em dinheiro apenas a partir do dia 14 de novembro.

O FGTS Emergencial visa amenizar os efeitos econômicos da pandemia da COVID-19. De acordo com o Ministério da Economia, 60 milhões de trabalhadores receberão o benefício, que deve injetar R$ 37,8 bilhões na economia. O saque emergencial é previsto pela MP 946/2020.

Para quem já tem conta na Caixa, o depósito será feito na conta disponível. Já para quem ainda não é correntista da Caixa, o banco vai abrir uma poupança digital social para depósito do valor. O trabalhador poderá usar o dinheiro digitalmente para pagar boletos, fazer transferência para outras contas e fazer compras online quando do crédito do valor. Entretanto, para sacar o dinheiro em espécie, o trabalhador terá que esperar pelo prazo estipulado pela Caixa.

Como consultar o saldo do FGTS

A partir de segunda-feira, 15 de junho, a Caixa disponibilizou no seu site oficial – www.fgts.caixa.gov.br a consulta do saldo nas contas. Ali, o cidadão poderá ver o valor disponível e também ver a data em que terá o valor creditado na sua conta. Há ainda os canais de atendimento pelo Disque 111, opção 2, que informará pelo telefone as mesmas informações de valor na conta e a data da liberação dos valores.

Outro meio de consulta é pelo aplicativo Caixa APP FGTS (disponível para Android e iOS). Já as informações sobre o saldo do FGTS no Internet Banking da Caixa e pelo App FGTS só serão disponibilizadas a partir do dia 19/06, segundo a Caixa.

Cancelamento do crédito FGTS

Já quem deseja deixar os valores na sua conta FGTS e não quer receber os R$ 1.045 deverá solicitar em até 10 dias antes do crédito na conta (segundo o calendário) o desfazimento do crédito. Assim sua conta FGTS não será debitada.

A Caixa informou ainda que caso a nova conta criada especialmente para esse fim não seja movimentada até o dia 30 de novembro de 2020, os recursos retornarão à conta do FGTS, corrigidos e sem prejuízo ao trabalhador.

Datas de saque do FGTS emergencial 2020
Datas de saque do FGTS emergencial 2020

Nenhum comentário