Header Ads

Estagiários do “Brasil, Conta Comigo” dão suporte a serviços de saúde de Campina Grande

 

Desde o mês de abril, a Secretaria de Saúde de Campina Grande aderiu ao projeto “Brasil, Conta Comigo”, do Governo Federal, para receber formandos dos cursos das áreas de saúde para reforçar os serviços municipais. Hoje, a Secretaria Municipal já conta com 128 estagiários nas mais diversas unidades. 

São médicos, enfermeiros, farmacêuticos e fisioterapeutas que estão nos últimos semestres dos cursos e passaram a reforçar a equipe através do convênio com o programa. Eles recebem uma bolsa de um salário mínimo para o estágio supervisionado de 40 horas semanais e de meio salário para a carga horária de 20 horas. Eles também receberão um certificado ao final do estágio, que será por tempo indeterminado. 

A unidade que mais recebeu os estagiários foi o Hospital Municipal Pedro I, referência no atendimento da Covid-19 em Campina Grande. No local estão atuando 38 estudantes. A Unidade de Pronto Atendimento 24h Dr. Maia, no Alto Branco, que recebe inicialmente os pacientes com sintomas de coronavírus, tem 28 profissionais do “Brasil, Conta Comigo”. 

Além dessas unidades, a UPA do Dinamérica, o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o Hospital da Criança e do Adolescente (HCA) e quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) também foram contempladas com o projeto. 

Na UBS do Aluízio Campos, que esta semana iniciou a testagem rápida de pacientes com sintomas da Covid-19 e distribuição de medicamentos, médicos e farmacêuticos do programa estão ajudando no trabalho. “O suporte desses estudantes está sendo muito importante nas unidades, ressaltando que eles são acompanhados por profissionais mais experientes, e também serve de muito aprendizado para todos eles”, avaliou o Secretário de Saúde, Filipe Reul.

Nenhum comentário