Header Ads

MP abre procedimento contra prefeita do Conde (envolvida na Calvário) por suspeita de fraude em licitação


A prefeita Márcia Lucena (Conde), já enroscada na Operação Calvário, poderá enfrentar mais dissabores nos próximos dias. O Ministério público da Paraíba acaba de abrir procedimento investigatório criminal para investigar possível fraude em licitação para contratação de empresa, destinada à prestação do serviço de iluminação pública da cidade do Conde.

Segundo a denúncia, que foi levada ao MP, Márcia e os empresários, José Guilherme Cavalcanti de M e Silva, Roberto Moreira de Holanda, Scheneider Almeida Paiva e Severino dos Santos Silva, “teriam fraudado o procedimento de dispensa de licitação n.º 33/2017, cujo objeto foi a contratação de serviço de gestão, melhoria e manutenção do parque de iluminação pública, visando o desvio/apropriação de recursos públicos“.

Logo após a instauração do procedimento, o MP solicitou da prefeita uma “cópia integral e legível dos autos do procedimento de dispensa de licitação sob n.º 33/2017, do qual resultou na contratação da empresa FGTECH – Serviços e participações Ltda“.





pagina1pb

Nenhum comentário