Header Ads

Bolsonaro comenta depoimento e diz que não foi acusado de nenhum crime

O presidente Jair Bolsonaro conversou com jornalistas na entrada do Palácio do Planalto no início da noite de hoje, e comentou a divulgação do depoimento do ex-ministro da Justiça Sergio Moro. "Eu quero ler as dez páginas, quem deve me defender é a AGU, não tenho dinheiro para pagar advogado caro. Até porque eu não tenho crime", falou o presidente. "Vou ler o processo para responder as demais acusações dele. Se bem que em nenhum momento ele diz que eu cometi um crime".

O presidente afirmou que nunca pediu nenhum relatório de inquérito à Polícia Federal (PF). "Mentira deslavada. Ainda disse que foi em reunião de ministros. Não pedi nada", garantiu. 

Na conversa com os jornalistas, o presidente mostrou o celular com a troca de mensagens, por WhatsApp, com Moro nos dias 22 e 23 de abril. "A Globo bateu numa matéria do Antagonista do dia 23 de abril,  intitulada "PF na cola de 10 a 12 deputados bolsonaristas". Eu escrevi: mais um motivo para troca" mostrou, se referindo à sua intenção de tirar Valeixo do comando da corporação. "No dia anterior, 22 de abril, mandei o mesmo link. Ele, Moro, escreveu: isso é fofoca". 

Bolsonaro também comentou a troca na superintendência do Rio de Janeiro. Segundo Moro, o presidente teria dito " você tem 27 superintendências, eu só quero a do RJ". O presidente disse que não teria motivo para isso. "O Moro bate que eu quero trocar o superintendente do Rio de Janeiro. Nem eu nem meus filhos respondem qualquer processo junto à PF, não estamos sendo investigados", disse.

Todo o histórico de conversa entre Moro e Bolsonaro foi copiado pelos investigadores que anexaram à investigação aberta pela PGR (Procuradoria Geral de República) para apurar se o presidente tentou ou não interferir em investigações da PF.

Bolsonaro ainda lamentou a forma como aconteceu a saída do ex-ministro. "Eu lamento uma pessoa como o sr. Sergio Moro, importantíssimo no Brasil ter esse fim. Eu não quero falar nada de mal, ele fez coisas boas no governo, outras deixou a desejar", afirmou o presidente. 

"Quem está com a verdade tem paz e não vai se enrolar", finalizou Bolsonaro.



noticiasaominuto

Nenhum comentário