Header Ads

Tovar destaca importância de iniciativa inovadora da PMCG para monitorar pacientes com Covid-19

O desenvolvimento de ações inovadoras por meio da tecnologia tem sido uma das principais armas de luta contra a Covid-19 em Campina Grande. Prova disso foi a criação, por parte da prefeitura municipal, de um sistema de gestão de dados para monitorar, em tempo real, o cumprimento do isolamento domiciliar de pessoas com resultado positivo e dos casos suspeitos de Covid-19 na cidade.

O secretário municipal de Planejamento, Tovar Correia Lima, acompanhou todo o processo de criação deste software que utiliza o GPS do celular dos usuários. Em sua visão, a iniciativa é da maior importância para o acompanhamento em tempo real do tratamento de pessoas submetidas ao processo de quarentena por terem contraído a doença.

O sistema foi possível graças a uma parceria com o Espaço Cidadania Digital, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), e o Ministério Público na Paraíba (MPPB), e também utiliza ferramentas livres do Google Maps e Google Transit. Vários técnicos e colaboradores estiveram envolvidos nesta iniciativa, conforme revelou Tovar Correia Lima, que, preliminarmente, já avalia como satisfatório o aprimoramento do trabalho das equipes de saúde por meio desta tecnologia.

“De fato, vários foram os colaboradores que tornaram possível esta iniciativa, sendo ela fruto de sugestões levantadas em reuniões ou contatos que mantivemos com André Agra (Tribunal de Contas), jornalistas Arquimedes de Castro e George Pacífico, Jimmy (do setor de inteligência da Polícia Militar), Miguel Dantas (Vigilância Epidemiológica) e outros que tornaram possível o advento de mais ferramenta eletrônica”, acrescentou Tovar.

Ele explicou que o monitoramento é feito a partir dos dados de e-mail e número de celular dos usuários, que são fornecidos durante o contato das equipes de saúde com os pacientes no ato da coleta dos exames para Covid-19 nas unidades de saúde.

O secretário explicou ainda que sempre que o usuário monitorado eletronicamente descumprir as recomendações de isolamento domiciliar, os técnicos de Secretaria Municipal de Saúde serão notificados, por exemplo, do deslocamento do paciente para outras áreas fora da sua residência. Com isso, ao receberem as notificações de quebra do isolamento, os agentes de vigilância em saúde fazem o contato com os pacientes, alertando-os sobre os riscos causados pelo descumprimento das orientações médicas.

Sigilo – Um aspecto que o secretário também considera fundamental é o fato de que o software garante o sigilo e a segurança dos dados dos pacientes, que serão acessados apenas por servidores da prefeitura, os quais são responsáveis pela rotina da saúde destas pessoas, além da equipe de tecnologia do projeto.

A inserção do paciente no sistema apenas acontece após conversa prévia para que ele tenha ciência dos benefícios do funcionamento do software para a saúde pública, além de ser conscientizado sobre a legislação ou regulamentação referente ao isolamento compulsório para os casos de Covid-19.

Assessoria 

Nenhum comentário