Header Ads

Romero lamenta morte do médico e empresário João Ribeiro e decreta luto oficial de três em Campina Grande




O prefeito Romero Rodrigues emitiu nota de pesar, no final da tarde desta terça-feira, 14, pela morte do médico João Ribeiro, 89, por complicações após internação em UTI. O quadro clínico de Ribeiro complicou-se com a paralisação do sistema renal. Em homenagem póstuma, Romero decretou luto no Município de Campina Grande por três dias.

De acordo com Romero Rodrigues, João Ribeiro entrou para a história de Campina Grande por seu pioneirismo e até mesmo ousadia ao construir um hospital que foi por décadas referência no Estado na área psiquiátrica. "Foi um empreendedor que não abriu mão de seus sonhos", destacou o prefeito.

João Ribeiro equilibrou sua vida profissional como psiquiatra e empresário com cargos na vida pública. Foi deputado estadual, secretário de Estado de Saneamento e prefeito de Massaranduba.

O médico era irmão do vice-prefeito campinense Enivaldo Ribeiro e foi fundador do primeiro grande hospital psiquiátrico privado em Campina Grande, que levava seu nome. 

O Parque da Liberdade, em Campina Grande, foi construído no terreno do Hospital, na gestão de Romero Rodrigues, após a unidade privada ter sido fechada após décadas em funcionamento.

Nenhum comentário