Header Ads

POLÍCIA FEDERAL PROCURA: Pâmela Bório desaparece com o filho e Advogada de Ricardo pede bloqueio nos aeroportos


A jornalista e ex-primeira dama da Paraíba, Pâmela Bório, desobedeceu uma ordem judicial que determina a devolução da guarda do filho dela com o ex-governador Ricardo Coutinho ao pai.

De acordo com o oficial de justiça que foi levar o mandado até a residência da jornalista, ela, além de não obedecer, desapareceu do endereço até agora não se sabe do seu paradeiro.

Em contato com a reportagem do Polêmica Paraíba, a advogada do ex-governador da Paraíba Ana Carla Lopes, contou que assim que o mandado de busca e apreensão foi expedido, imediatamente tentou contactar a advogada dela, mas não obteve sucesso.

“O oficial de justiça foi tentar cumprir na casa de Pamela, já na sexta feira (ontem), mas, segundo vizinhos e o zelador, ela havia saído na quinta feira, na companhia da criança, apenas com a roupa do corpo e não havia retornado mais. O oficial então procurou saber com o genitor onde Pamela poderia estar com o menor, o que foi dito que ela poderia estar ou na casa de uma amiga chamada Osmidea, ou na casa do namorado, que também é fugitivo da justiça”, explicou a advogada.

Ela conta ainda que o oficial de justiça entrou em contato com Ricardo Coutinho para saber onde ela [Pâmela] poderia estar com o filho, e ele disse que a ex-primeira dama poderia estar na casa de uma amiga chamada Osmidea ou na casa do namorado, que segundo a advogada Ana Carla Lopes, também é fugitivo da justiça.

“O oficial então foi até a casa do namorado, tentar cumprir o mandado, pelo que foi dito pelo zelador que o Sr. Luís Estiveira estava em Portugal. Ocorre que foi descoberto que o porteiro estava mancomunado com o então namorado de Pamela, para mentir sobre a permanência de ambos no prédio. Após muita insistência do oficial, o mesmo adentrou ao prédio e subiu até o apartamento do Sr. Luís, momento em que o mesmo abriu a porta”.

Segundo informações da advogada, Pamêla estava escondida no prédio, e contou que até o presente momento a ex-primeira dama permanece desaparecida com seu filho e que as advogadas comungam com a sua fuga.

” Ocorre que a mãe, juntamente com a criança, se esconderam ali mesmo no prédio, tripudiando de uma ordem judicial e do próprio oficial de justiça. Até o presente momento, a Sra. Pamela está desaparecida, permanece com o celular desligado, e suas advogadas comungam com a fuga, pois caso assim não fosse, já teria aconselhado a sua cliente que isso é crime e ela pode responder por mais um processo criminal, além de outros agravantes na esfera cível, como a perda do poder familiar”, relatou.

Ana Carla Lopes conta ainda que  que Pâmela havia publicado uma foto na companhia do filho nas redes sociais na  última sexta feira (25) pela manhã, “porém logo depois a apagou, justamente para despistar a justiça,” disse.

A advogada do ex-governador Ricardo Coutinho, destacou que a polícia já foi acionada para colaborar no caso, “Já contactamos Dra. Joana Darck, da delegacia da infância, a fim de se tomar as medidas apropriadas. Enviamos mandado de busca e apreensão à polícia federal, para que bloqueie a saída dela nos aeroportos.”

A reportagem do Polêmica Paraíba tentou entrar em contato com Pamêla Bório que não atendeu as ligações até o fechamento desta matéria.



polemicaparaiba

Nenhum comentário