Header Ads

Advogado conceituado da Paraíba é morto a tiros em condomínio de luxo em Pernambuco


O advogado Levi Borges de Lima, um dos defensores públicos mais conceituados da Paraíba, foi assassinado no início da tarde desta quinta-feira, 9, na frente da casa de uma filha dele, a juíza Andréa Rose Borges Cartaxo, em um condomínio de luxo na Praia do Paiva, em Cabo de Santo Agostinho, no vizinho Estado de Pernambuco.

O advogado,que era defensor público aposentado,  ainda foi levado com vida para a Unidade de Pronto Atendimento de Barra de Jangada, onde morreu. O carro dele, um Toyota SW4 SRV branco, estava na frente do condomínio Morada da Península.
 A mala do carro estava aberta e com manchas de sangue na lataria do veículo. O local foi isolado. Segundo informações inicias ele teria reagido a um assalto e levou três tiros à queima-roupa, um deles atingindo a cabeça.
Segundo informações postadas no Diário de Pernambuco, aconteceu o seguinte:  "O crime aconteceu na portaria do imóvel e teria sido praticado por dois homens, que fugiram. As câmeras do condomínio apontam que o advogado chegava ao local no próprio carro, ao lado da esposa, quando foi rendido com uma arma na cabeça. Ele abriu a porta e desceu do veículo. Nesse momento, o criminoso atirou e ele caiu em frente ao portão de visitantes. O assassino teria tentado entrar no veículo, mas percebeu que havia outra pessoa dentro do carro, voltou e disparou novamente no advogado, que tinha acabado de levantar do chão. Em seguida, entra em um outro carro onde havia uma segunda pessoa esperando ele".
Governador lamenta a morte de Levi Borges de Lima
O governador João Azevêdo expressa o seu profundo pesar pela morte trágica do advogado e defensor público Levi Borges de Lima, assassinado durante tentativa de assalto, nesta quinta-feira (9), em um condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho-PE, região metropolitana de Recife.
O chefe do Executivo manifesta solidariedade aos amigos e familiares, rogando para que Deus conforte a todos neste momento de dor e tristeza. 


fatospb

Nenhum comentário