Header Ads

Após ser flagrado com Freixo, Kim ataca protestos e fala em impeachment de Bolsonaro


Líderes de partidos aliados ao centrão terminam a semana falando em implantar o “parlamentarismo” no país.
Trocando em miúdos: querem tirar os poderes de Bolsonaro, que foi eleito legitimamente pelo voto.
Em entrevista para a Crusoé, o deputado e líder do MBL, Kim Kataguiri, condenou as manifestações do próximo domingo (26) e disse que o governo de Bolsonaro está fadado ao fracasso.

“Ou a gente tem um parlamentarismo branco […] ou a gente passa por um processo de impeachment”, afirmou Kataguiri.
Perguntado sobre os atos convocados pela população, Kim disse que acredita que o Palácio do Planalto está envolvido nas organizações dos atos.
“Acho que vem do Planalto. Não faz sentido não vir (de lá). Ainda mais depois da divulgação do texto em que o presidente fala em tese conspiratória.”
O deputado também declarou que os protestos não irão gerar “boas consequências”:
“É um atestado de que o governo falhou. Em nenhuma hipótese essa manifestação vai ter boas consequências para o governo”
Agora a parte do ‘golpe’ …
Kataguiri foi questionado pela revista “se ainda há tempo para consertar o governo de Jair Bolsonaro”.
A resposta foi:
“Acho difícil. Acho que passou do ponto de tensão. Ou a gente tem um parlamentarismo branco em que o presidente vira uma rainha da Inglaterra ou a gente passa por um processo de impeachment dependendo da votação do crédito suplementar.”
Conforme já dissemos em inúmeras ocasiões, Rodrigo Maia e o centrão são uma espécie de ‘Cavalo de Troia’ … cedo ou tarde, eles irão ‘esfaquear’ Bolsonaro pelas costas.


diariodobrasil

Nenhum comentário