Header Ads

“O 1º pagamento a RC foi antes de 2014”, revela delatora

De federais a municipais, a delação premiada da ex-secretária de Administração do Estado da Paraíba, Livânia Farias, atingiu em cheio a classe política paraibana.
As acusações, realizadas em acordo de colaboração com o Ministério Público do Estado (MPPB), foram divulgadas neste final de semana, e tiveram na segunda-feira (6) os áudios transmitidos em uma emissora de rádio de João Pessoa.
Houve acusações contra deputados estaduais, deputados federais, secretário de governo e ex-candidato a governador.
Até a esposa do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) foi envolvida.
Em uma gravação, a ex-secretária revela que o primeiro pagamento ao ex-governador Ricardo Coutinho foi efetuado “antes de 2014”.
Os repasses continuaram, segundo ela, até o ano de 2018 diretamente em um espaço da Granja Santana.
O total das entregas teria sido de aproximadamente R$ 4 milhões.
De acordo com a delatora, o ex-governador teria dito que a verba “era para a questão política, que estava sendo sufocado pelos deputados”.
Coutinho assumiu o governo da Paraíba em janeiro de 2009. Em 2014, foi reeleito.
Ouça no áudio abaixo os detalhes desta operação:





paraibaonline

Nenhum comentário