Header Ads

Médicos do Trauma e Hospital de Mamanguape decidem permanecer no trabalho até o dia 3

Os médicos do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL), em João Pessoa e do Hospital Regional de Mamanguape decidiram permanecer nos postos que ocupam até o dia 3 de janeiro. Eles estão com contratos celetistas encerrados desde ontem, após o término do vínculo com o antigo regime de gestão pactuada com organização social.
Conforme o sindicato, a permanência até o dia 3 se dá “para que a sociedade paraibana não seja vítima dessa situação”.
PB Agora

Nenhum comentário