Header Ads

CMCG

Mandante do assassinato de empresário é condenado a 22 anos de prisão


Por 7×0, a Justiça condenou a 22 anos de prisão o comerciante Moisés Cordeiro, acusado de ter mandado executar o empresário Cláudio Arruda.
O executor Igor já havia sido condenado a 21 anos, por ter efetivado os disparos que ceifaram a vida de Cláudio Arruda, contudo, ainda havia de ser julgado o mandante do crime.
O motivo do crime teria sido uma dívida que o acusado tinha com a vítima.

Nenhum comentário