Header Ads

Campina terá 1º Centro de Tratamento e Pesquisa de Hipertensão Arterial no NE

O chanceler da Unifacisa, Dalton Gadelha, reforçou na manhã desta sexta-feira, 18, o anúncio da instalação do primeiro Centro de Tratamento e Pesquisa de Hipertensão Arterial do Nordeste, que, de acordo com ele, será em Campina Grande, município do Agreste paraibano.
O chanceler da Unifacisa afirmou que o centro, no formato do que será feito na Rainha da Borborema, só possui um similar na cidade de São Paulo.
“Nós vamos fazer um trabalho integrado entre odontologia e cardiologia. As pessoas acham que não tem nenhuma relação, e tem muita”, completou Dalton, explicando que a instalação ocorrerá no local onde já está funcionando um centro odontológico também idealizado pela universidade.
Ainda de acordo com Gadelha, a intenção é que 1.200 pacientes sejam atendidos pelo programa, que visa a pesquisa e o tratamento dessas pessoas.
Dalton disse também que foi a Brasília nesta semana e conseguiu, definitivamente, liberar o recurso para a Fundação Pedro Américo, que, segundo ele, estava em batalha judicial há oito anos.
“Conseguimos o Cebas (certificação de entidades beneficentes de assistência social na área de educação), que é a certificação de filantropia. A partir daí nós liberamos o recurso essa semana lá em Brasília”, completou.
Por fim, o chanceler explicou que agora a etapa é adquirir todos os equipamentos, que já estão licitados e, de acordo com ele, seguir para a inauguração até o final deste ano, uma vez que já está tudo em fase final.


paraibaonline

Nenhum comentário