Header Ads

Quarteto fantástico de ex-governador recebeu quase R$ 1,7 milhão do PSB para campanha de 2018


Não é de pouco tempo que o PSB privilegia o ex-governador Ricardo Coutinho em suas deliberações partidárias e até programáticas. Levantamento produzido com base em informações da justiça eleitoral registram que o diretório nacional doou com recursos do fundo partidário quase R$ 1,7 milhão para apenas quatro candidatos a deputado estadual e um federal na Paraíba.
Os quatro beneficiados com envio de verbas nas eleições de 2018 foram Gervásio Maia que recebeu R$ 600 mil, Sandra Marrocos R$ 470 mil,  Estela Bezerra R$ 400 mil e Cida Ramos R$ 200 mil. Coincidência ou não, ambos são umbilicalmente ligados ao ex-governador e fizeram questão de fechar com ele na ‘guerra fria’ travada com o atual governador João Azevêdo.
Os dados, de acordo com o blog de Marcelo José, fazem parte da prestação de contas dos partidos políticos junto ao Tribunal Superior Eleitoral, referente ao ano de 2018.  O demonstrativo de distribuição dos recursos partidários revela quanto foi enviado, e quem foram os candidatos beneficiados em detrimento a grande maioria dos postulantes de menor poder aquisitivo.
Segundo a publicação, os dados também podem ser encontrados na prestação de contas de cada candidato, também disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral. Dos quatro políticos que receberam considerável quantidade de recursos do fundo partidário, três deles obtiveram êxito.
GERVÁSIO MAIA – Gervásio Maia recebeu R$ 600 mil do diretório nacional do PSB, através dos recursos do fundo partidário, e foi eleito  para exercer o cargo de deputado federal com 146.860 votos. Maia disputou o mandato à Câmara Federal no exercício da presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba, cargo que lhe coloca em vantagem em relação aos concorrentes durante o pleito eleitoral.
ESTELA BEZERRA – A deputada Estela Bezerra , aliada de primeira hora do Governo socialista, foi secretária de Planejamento na gestão Girassol na Prefeitura de João Pessoa e secretária de Comunicação no Governo do Estado da Paraíba, e na campanha sua companheira Cláudia Veras era secretária de Saúde do Governo do Estado. Recebeu patrocínio do PSB nacional com R$ 400 mil de recurso do fundo partidário e foi reeleita deputada estadual com 40 mil 761 votos, quase 6 mil votos a mais do que em 2014 quando se elegeu com 34.929 votos.
CIDA RAMOS – Comandou a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho, e em 2016 disputou a Prefeitura de João Pessoa, obtendo 125.148 votos, representando 33,54% do total. Recebeu R$ 200 mil do diretório nacional do PSB, através do fundo partidário, e foi eleita a mais bem votada para a Assembleia Legislativa nas eleições do ano passado com 56.048 votos.
SANDRA MARROCOS – A vereadora de João Pessoa obteve 3.991 votos quando se elegeu para uma cadeira na Câmara de Vereadores da Capital em 2016 , foi presidente da Fundac na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho. Nas eleições do ano passado recebeu R$ 470 mil a título de doação do diretório do PSB nacional , através do fundo partidário, mas não conseguiu sua eleição para a Câmara Federal, obtendo 22.854 votos.
VENEZIANO VITAL – Candidato a senador da República, o ex-prefeito de Campina Grande e ex-deputado federal pelo MDB, recebeu de doação do diretório nacional do PSB, através dos recursos do fundo partidário, a quantia de R$ 1.216.00. Nesse caso era o único candidato da legenda, não havendo nesse caso, que se falar em ter prioridade, pois não tinha outro candidato do partido competindo. Obteve 844.786  e foi eleito para mandato de oito anos no Senado Federal.
POLLYANNA DUTRA – Foi secretária executiva de Desenvolvimento e Articulação Municipal na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho, foi prefeita da cidade de Pombal por dois mandatos 2009 a 2012, 2013 a 2016. Consta na prestaçãod e contas que a deputada recebeu apenas R$ 20 mil do PSB, mas foi contemplada com R$ 400 mil de outro partido PR, através do fundo partidário, e foi eleita pela primeira deputada estadual com a votação de 28.868 votos.
Outros deputados e candidatos não consta terem recebido recursos do diretório nacional do PSB,a través de recursos do fundo partidário, a exemplo de Hervázio Bezerra, Jeová Campos, Buba Germano, Ricardo Barbosa, Adriano Galdino, entre outros.


tanaarea

Nenhum comentário