Header Ads

CMCG

Governador desfalca ato convocado por Ricardo e volta tachar evento de político


O governador João Azevêdo (PSB) não tem qualquer dúvida de que o ato deste domingo, em Monteiro, não será em defesa da transposição, mas um movimento pelo ‘Lula livre’. Ontem, durante o encerramento da Rota Cultural Caminhos do Frio, em Alagoa Grande, disse que não participará do ato político SOS Transposição, liderado pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).
João ressaltou que entende a importância da Transposição, que cobrou, aos ministérios em Brasília, durante dez anos para que a obra fosse concluída. Azevêdo voltou a destacar que o evento é político e que não vai participar por uma questão de agenda e também por outros fatores, os quais não explicitou.
“A Transposição é extremamente importante para a Paraíba. Eu sei disso porque ao longo de 10 anos eu me dediquei diuturnamente cobrando dentro dos ministérios, em Brasília, para que esta obra pudesses estar acontecendo. Então, eu sei exatamente o que é para a segurança hídrica da Paraíba essa obra. É um ato político que eu respeito, mas eu não vou poer participar por uma série de outras coisas, principalmente agenda”, concluiu.


tanaarea

Nenhum comentário