Header Ads

CMCG

‘É um ato político que respeito’, diz João sobre movimento ‘Lula Livre’


Ninguém melhor do que o governador João Azevedo para falar sobre a transposição do Rio São Francisco, do lado que interessa aos paraibanos.
É dele a maior cobrança para a construção dessa importante obra para à população que mais precisa. João, instado a falar sobre o tema, evitou o “Lula Livre”, ato deste domingo (1º), em Monteiro.
O governador não vai e faz bem não estar presente com os petistas que deram as costas para os paraibanos, principalmente ao longo de mais de 14 anos enquanto no poder.
“A transposição é extremamente importante para a Paraíba. Eu sei disso, porque ao longo de 10 anos em me dediquei diuturnamente cobrando dentro dos ministérios, em Brasília, para que essa obra pudesses estar acontecendo…”
“… Então, eu sei exatamente o que é para a segurança hídrica da Paraíba essa obra…”
… É um ato político que eu respeito, mas eu não vou poder participar por uma série de outras coisas, principalmente agenda”, justificou.
João parece prevê o que poderia encontrar no ato em defesa da liberdade do ex-presidente Lula, esta manhã, em Monteiro/PB.


marconeferreira

Nenhum comentário