Header Ads

CMCG

Da ala radical de oposição ao Governo Bolsonaro, PSB e PDT tiveram 16 deputados votando em favor da Reforma da Previdência


Da ala radical de oposição ao Governo Bolsonaro, os partidos do PDT e PSB tiveram 16 deputados federais que não se intimidaram com ameaças de expulsão e votaram favoráveis a reforma da Previdência.
O Partido Socialista Brasileiro tem 32 deputados federais,   21 votaram contra a reforma, e 9 ficaram favoráveis a reforma da previdência, e 2 ausentes.  Já o PDT tem 27 parlamentares na Câmara, 19 votaram contra, e 7 votaram a favor da reforma, com uma ausência.
Os números mostram que o PSB e o PDT ainda estão longe de uma unidade comprovada de oposição ao Governo Federal, como fizeram o PT cujos os 52 votos foram todos contra a reforma da previdência. O Psol da mesma forma teve todos os 10 votos contra a reforma. Igualmente o PC do B onde os 7 deputados votaram também contra a reforma.
A votação da reforma da previdência teve 379 votos favoráveis, contra 131. O resultado mostrou uma diferença de 248 votos.

Nenhum comentário