Header Ads

CMCG

Recicla São João supera toneladas coletadas da edição 2018 do Maior São João do Mundo


Projeto também gera renda para 40 catadores no Parque do Povo

Enquanto milhares de pessoas se divertem em Campina Grande, durante os 31 dias de festa do Maior São João do Mundo, uma equipe formada por quarenta pessoas trabalha bastante para deixar todo o espaço do Parque do Povo em ordem e pronto para receber forrozeiros de todos os lugares.

Essa equipe faz parte do Projeto Recicla São João, iniciado em 2016, numa iniciativa da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), que visa fazer a coleta seletiva de resíduos durante a realização do “Maior São João do Mundo”.

Neste ano, segundo o secretário de Serviços Urbanos, Geraldo Nobre, ainda faltando uma semana para o término do Maior São João do Mundo 2019, os catadores já recolheram 24 toneladas de material reciclável, superando a marca do que foi coletado nos anos anteriores.

“Isso se deve a qualidade do São João, que vem crescendo a cada ano. O Recicla São João serve como um parâmetro para mostrar a grandiosidade dessa festa. No ano passado, nós recolhemos 23 toneladas de produtos recicláveis. Neste ano, com vinte e um dias de festa, nós já chegamos a quase 25 toneladas. Até o final da festa, a nossa expectativa é que gere algo em torno de 35 toneladas. Queremos bater todos os recordes", disse, animado, o secretário.

O Recicla São João também garante uma renda extra para esses trabalhadores. Todos os contratados para esse serviço, além de um salário mínimo, ficam com toda a renda obtida com a venda do material recolhido. Eles ainda recebem o auxílio de transporte, alimentação (jantar) e os EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual – botas, luvas, capas de chuva).

RENDA EXTRA - São latinhas, caixas de papelão e garrafas pet que se transformam em renda extra, que ajuda e muito com as despesas desses trabalhadores. Eles sustentam a família e ainda deixam o meio ambiente limpo, conscientizando as pessoas sobre a importância em preservá-lo.

“Esse já é o quarto ano que eu participo do programa. Gosto bastante porque é um dinheiro a mais pra gente. É como se fosse um décimo terceiro no meio do ano. Ajuda muito dentro de casa e, no ano que vem, se eu tiver com saúde, quero participar de novo”, falou dona Maria do Socorro, que há vinte anos é catadora em Campina Grande.

Cada trabalhador assinou um termo de responsabilidade, onde constam as obrigações referentes ao trabalho de coleta do material. A contratação atende ao que preconiza a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) e o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (Lei Complementar 087/2014).

O projeto tem um ponto de apoio, no Parque do Povo, próximo à Pirâmide, local para entrega voluntária. Há também outros locais (kits) espalhados para a coleta seletiva, por parte da população, que quiser colaborar.

“A população em geral, que estiver visitando o Parque do Povo, pode participar vindo destinar os resíduos recicláveis, justamente no nosso ponto de entrega voluntária, que fica ao lado da pirâmide do Parque do Povo. Além disso, todos podem colaborar com a limpeza, colocando seus resíduos nas diversas lixeirinhas que estão espalhadas pelo Parque do Povo. Inclusive temos dez kits, na cor verde, que são específicos para receber os resíduos recicláveis, entre eles incluem plástico, papéis, papelões, metais e vidros", explicou Rafaela Oliveira, coordenadora do programa Recicla São João.

Nenhum comentário