Header Ads

CMCG

Primeira consequência. Real Madrid desiste de Neymar


Portais, jornais e televisões do mundo seguem repercutindo o 'caso Neymar'.

E de acordo com o diário espanhol As, as acusações do suposto estupro do brasileiro já tiveram um resultado importante.

As portas do Real Madrid foram fechadas de vez para o jogador.

O atacante já tinha sérias restrições por ter escolhido atuar no Barcelona e não no Real Madrid, quando o clube duelou por ele, em 2011.

Mas o presidente Florentino Pérez pensava a sério no seu nome, na reformulação que fará no clube merengue.

Só que, de acordo com a edição de amanhã, que já está nas bancas, na Espanha, o dirigente desistiu do problemático jogador.

Ele teria sido pressionado a desistir por conta da rejeição dos torcedores e da própria diretoria.

Ele teria sido pressionado a desistir por conta da rejeição dos torcedores e da própria diretoria.

O comportamento fora de campo já estava desanimando Perez, mas a acusação do estupro foi a gota d'água.

Tudo o que foi feito: pagar passagem para um mulher que conheceu na Internet, a hospedá-la em um hotel luxuoso de Paris, confessar estar 'bêbado', tudo isso desestimulou de vez o dirigente que adora estrelas.

Não arriscaria 200 milhões de euros, cerca de R$ 875 milhões, preço médio que Neymar é avaliado hoje, com alguém com sérios problemas na justiça.

O comportamento de Neymar também não combina com a rigidez, com a seriedade que Zidane impõe aos seus jogadores.

De acordo com o As, o Real Madrid se afastou de Neymar.

De vez...

R7

Nenhum comentário