Header Ads

CMCG

Maior São João do Mundo incrementa a economia de CG e região


A exemplo de anos anteriores, O Maior São João do Mundo 2019 vai impulsionar a economia de Campina Grande durante um mês, sendo uma alternativa de geração de emprego e renda que poucos municípios brasileiros dispõem para o enfrentamento da grave crise econômica que assola o Brasil.

Os dividendos   econômicos do evento beneficiam até municípios vizinhos, na confecção de fantasias, transportes, artesanatos, dentre outros itens e  até hospedagem, quando a rede hoteleira de Campina esgota sua oferta de leitos, com os turistas procurando cidades periféricas como Lagoa Seca, Queimadas, dentre outras.

Em média, durante os 30 dia,     oriundas de todas as partes do Brasil e até do exterior,  cerca de dois milhões de pessoas passam pelo evento, que também pontifica na mídia nacional e internacional, transmitindo o relevo da dimensão dos festejos, atraindo pessoas que buscam conhecer os nossos artistas, cultura e gastronomia..

Esses reflexos são atestados por todos os setores, inclusive a Câmara de Diretores Lojistas e Associação Comercial de Campina Grande. Mesmo com o adiamento do início da festa, que mudou de primeiro de junho para oito do mesmo mês, quase em nada afetou as reservas nos hotéis da cidade, que já trabalhavam com a quase lotação para o ápice do evento.

Para a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Rosália Lucas, a cidade mais do que nunca vai ser o principal referencial dos festejos juninos no interior do Brasil, levando-se em conta, por exemplo, que muitos municípios estão desistindo de realizar suas festividades tradicionais.

“Sem dúvida, Campina, mais uma vez, será a grande opção e referencial para estes milhares de forrozeiros”, destacou.

Nenhum comentário