Header Ads

CMCG

Juíza determina que motoristas de ônibus de CG voltem ao trabalho


Os motoristas de ônibus de transporte coletivo em Campina Grande foram obrigados a voltar ao trabalho, nesta sexta-feira (14), por força de decisão judicial emitida pela juíza Ana Carmem Pereira Jordão Vieira, da 2ª Vara de Fazenda Pública de Campina Grande. Na decisão, em caráter de liminar, a magistrada determina que o Sindicato dos Condutores Urbanos de Passageiros (SIMCOF) assegure o funcionamento da frota nesse dia de protestos.

Conforme a magistrada, mesmo durante a paralisação organizada pela categoria, a juíza determinou que deverá funcionar o mínimo de 90% da frota das linhas que atendem hospitais e demais casas de cuidado à saúde humana; 80% do funcionamento da frota para as demais linhas nos horários de maior movimento e 60% das demais linhas deverão funcionar nos demais horários até o fim do movimento paredista.
Na decisão a justiça ainda determina que fica impedido que os sindicatos ou filiados realizem o bloqueio da saída de veículos
Assim como em várias cidades do país, os motoristas de ônibus também aderiram à greve geral desta sexta-feira.


PB Agora

Nenhum comentário