Header Ads

CMCG

Daniella Ribeiro vota favorável à MP 871/2019, que visa combater fraude no INSS


A MP autoriza pente-fino em benefícios do INSS, o que contribui para evitar prejuízos aos cofres públicos
Contra a fraude e a favor da MP 871/2019. Foi assim que votou a senadora Daniella Ribeiro, líder do Progressistas no Senado Federal, na noite da segunda-feira (3), em Brasília. A MP foi aprovada por 55 votos favoráveis a 12 contrários. Agora, votada e aprovada como Projeto de Lei de Conversão (PLV) 11/2019, a MP segue para a sanção presidencial. 
A senadora explicou que votou favorável porque entende que a MP é uma forma rígida de combater fraudes nos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Nacional (INSS). “Se há fraudes, além do prejuízo ao INSS, causa prejuízo ao povo brasileiro como um todo, que é quem acaba pagando essa conta”, declarou. 
A MP cria um programa de revisão de benefícios previdenciários e também exige o cadastro do trabalhador rural, além de restringir o pagamento de auxílio-reclusão aos que estão em cumprimento de pena em regime fechado, proibindo o pagamento a presos do semiaberto. “Atendendo ao chamado do presidente Davi Alcolumbre, estamos votando nesta segunda-feira uma MP que atende aos anseios da população brasileira. É um voto que exige muita responsabilidade”, destacou a senadora.

Nenhum comentário