Header Ads

CMCG

Procon constata aumento de 4,32% na gasolina comum vendida em Campina Grande




Em virtude do último reajuste feito nos preços de combustíveis, o Procon de Campina Grande realizou uma nova pesquisa de preços nesta segunda-feira, 27, nos 58 postos do município. Segundo o levantamento, o preço médio do litro de gasolina comum passou de R$ 4,391 (preço verificado em 15 de maio), para R$ 4,581 nesta última pesquisa, ou seja, em doze dias sofreu um aumento de 4,32%.

A fiscalização do Procon foi às ruas verificar se havia indícios de preços abusivos. Pois o reajuste no último final de semana pegou os campinenses de surpresa, já que no mesmo período a Petrobras reduziu em 4,4% o preço da gasolina nas distribuidoras. Na visita aos postos não foi encontrado nada fora do padrão.

No mesmo dia o coordenador executivo do Procon Municipal, Rivaldo Rodrigues recebeu o presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis da Paraíba, Bruno Agra. Sobre essa reunião, Rodrigues apresentou algumas explicações.

“Ao ser questionado sobre o reajuste, Bruno Agra explicou que eles têm como justificar o recente aumento, analisando a evolução de preços no município. Ele se comprometeu em entregar uma documentação ao Procon com esse estudo e divulgar o mesmo na imprensa para que a população entenda que, apesar do recente aumento, a política de preços dos combustíveis na cidade passou por uma desaceleração. É só relembrar quem setembro de 2018 o preço da gasolina em Campina oscilava entre R$ 4.79 e R$ 4.80 e hoje está chegou a R$ 4,59. Outro fato interessante é que João Pessoa, que antes apresentava um preço bem abaixo, em comparação com Campina, atualmente não há mais essa diferença. A capital apresentou um reajuste que equiparou-se aos preços praticados em Campina. Derrubando a antiga tese de que aqui se cobrava mais caro. De qualquer maneira vamos esperar essa documentação do Sindicato”, declrou Rivaldo.

No site do Procon (procon.campinagrande.pb.gov.br) o consumidor pode verificar todos os dados da pesquisa e saber onde encontrar o combustível mais barato. 

Nenhum comentário