Header Ads

CMCG

João Azevêdo visita Pocinhos e anuncia ações para ajudar famílias prejudicadas por fortes chuvas



O governador João Azevêdo visitou, nesta sexta-feira (22), as comunidades Santa Terezinha, Compel e Cajueiro, no município de Pocinhos, que enfrentam grandes transtornos por conta das fortes chuvas registradas nesta sexta-feira (21) na região. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual anunciou medidas emergenciais para ajudar as famílias.

A vice-governadora Lígia Feliciano; o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino; o deputado federal Damião Feliciano; e auxiliares do Governo acompanharam o governador na visita.

Na oportunidade, João Azevêdo assegurou aos moradores o esforço do Governo para minimizar os danos provocados pela chuva. “Nós vamos determinar o deslocamento de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Humano até Pocinhos para conversar com as famílias que foram atingidas pela chuva atípica registrada no município. Além disso, a Secretaria de Infraestrutura fará um levantamento para entender o problema de drenagem na área. A população de Pocinhos pode ter certeza de que estamos buscando as equações para resolver essas pendências”, garantiu.

O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, agradeceu a sensibilidade do Governo de buscar soluções para diminuir o sofrimento do povo de Pocinhos. “A cidade  registra poucas chuvas, mas 40 minutos de uma chuva intensa causou uma série de transtornos, destruindo calçamentos, derrubando casas, deixando pessoas desabrigadas e quero agradecer ao governador João Azevêdo que veio dividir conosco as dificuldades desse momento, firmando parcerias com a comunidade”, ressaltou.

O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio-Ambiente, Deusdete Queiroga, explicou algumas das ações que serão realizadas pelo Governo em Pocinhos. “O governo, por meio da Suplan, irá recuperar as obras de pavimentação que foram afetadas pelas chuvas; o bueiro será refeito e será colocada uma escavadeira hidráulica para abrir o leito do riacho que estava obstruído com vegetação”, disse.

O padre Desenilton da Silva disse que a ajuda do Governo será bem-vinda. “Nós agradecemos a disponibilidade do governador porque hoje visitei algumas comunidades e presenciei famílias chorando porque perderam o pouco que tinham”, relatou.

De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), em pouco mais de 40 minutos, o município de Pocinhos registrou uma média de 69,6 mm de chuvas.

Nenhum comentário