Header Ads

CMCG

Defesa Civil Municipal orienta e atende população que está sem água


A Defesa Civil Municipal está trabalhando no atendimento e orientação a população campinense que está sem água desde o último sábado. Além da fiscalização dos carros pipas que estão circulando na cidade, com o objetivo de verificar a procedência da água. Na manhã desta quinta-feira, dia 21, o motorista de um caminhão irregular teve que retirar o adesivo de água potável.
 
O coordenador de Defesa civil, Ruiter Sansão, informa que o órgão está contactando com Associação de Moradores e Clubes de Mães com o objetivo de registrar fatos referentes a falta d'água.
 
Ele acrescentou que, "o profissional da Defesa Civil verifica in loco, a real situação. Alguns bairros, parcialmente, tem água na torneiras; entretanto, áreas mais elevadas não são abastecidas. Por esta razão, as comunidades de um mesmo bairro informam o retorno do abastecimento e outros reclamam s falta d'água".

Todos os dados obtidos pela Defesa Civil são repassados de imediato aos órgãos do sistema de Defesa Civil, responsáveis pelo abastecimento alternativo - via caminhão pipa.
 
A orientação da Defesa Civil Municipal é que a população prejudicada ligue para o 199 e informe qual o bairro que está sem água, para que se possa checar, junto a Cagepa, quais as razões de não atendimento.
 
Ruiter esclarece que entre os caminhões contratados pelo poder público e, também, contratados por particulares, ultrapassam 100 veículos.
 
A Secretaria de Saúde, através da Vigilância Sanitária está coletando água desses caminhões, para analisar o grau de Potabilidade da Água. o que é muito importante.
 
Ruiter Sansão destaca como fundamental, a população anotar a placa do caminhão que está atendendo a comunidade, se possivel faça o registro fotográfico e encaminhe a Defesa Civil para que se saiba a procedência da água e se evite um mal maior para a saúde dos campinenses.
 
O Corpo de Bombeiros está responsável pela distribuição de água nos hospitais da cidade.

Nenhum comentário