Header Ads

CMCG

Galdino anuncia cortes de cargos e suspensão das sessões por 15 dias




Eleito presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para o primeiro e segundo biênios, o deputado estadual Adriano Galdino (PSB) deu o ponto de partida na 19ª Legislatura na tarde desta segunda-feira (4). Na sessão desta tarde, o governador João Azevêdo esteve presente para passar sua mensagem ao Poder Legislativo.
Galdino, em seu discurso de início dos trabalhos, anunciou que haverá união de secretarias e cortes de cargos na Casa. O objetivo, segundo ele, é o corte de gastos e adequação do orçamento da Assembleia à atual crise financeira nacional. “Quando eu junto secretarias, eu estou cortando cargos. Nós vamos dar o exemplo. No que for possível economizar, nós vamos economizar, para nos ajustarmos à crise estadual e nacional também”, disse.
O presidente definiu como prioridade em sua gestão ampliar a transparência das atividades no Legislativo paraibano. “Queremos deixar claro o que se gasta, onde se gasta, quanto se gasta”, declarou.
Adriano Galdino propôs a realização de pequenas obras de acessibilidade no Plenário e em outros setores do prédio. Para isso, segundo ele, as sessões serão suspensas por 15 dias. As alterações deverão beneficiar principalmente a deputada estadual Cida Ramos (PSB). "A deputada Cida Ramos se sente prejudicada por não ter acessibilidade necessária, desta forma, estou propondo aos senhores e as senhoras suspender os trabalhos da Casa por 15 diaspara que nós possamos fazer as devidas reformas, para garantir a nobre deputada as condições de trabalho que todos nós temos e ela, infelizmente, neste momento, não a tem", disse Galdino.

Nenhum comentário