Header Ads

CMCG

Gabigol desencanta e Vitinho faz 2 em goleada do Fla sobre o Americano


De volta aos gramados após a eliminação na semifinal da Taça Guanabara, o Flamengo goleou o Americano por 4 a 1, com gols de Vitinho (2), Gabigol e Diego (Espinho descontou).
O Fla deixou claro desde o início do jogo que sufocaria o rival assim que a bola rolasse. O Fla marcou no começo dos dois tempos e fez com que o jogo ficasse bem tranquilo para a equipe, que passou pouquíssimo aperto nos 90 minutos.
Após o duelo contra o Alvinegro, a equipe volta a campo na quinta-feira (28), quando encara a Portuguesa, 21h, no Raulino de Oliveira
O meia balançou a rede uma vez e foi o grande nome do Flamengo contra o time campista. Com movimentação, bons passes e visão de jogo, o jogador foi o termômetro rubro-negro no setor de criação. A atuação do jogador teve direito até a lançamento de letra.
Os jogadores mal se posicionavam em campo e o Flamengo já abriu o placar. Com um minuto de bola rolando, Pará cruzou para Vitinho, que cabeceou para abrir a contagem.
A vantagem construída logo de início facilitou muito a vida para o Fla, que não se acomodou e batalhou para ampliar a vantagem. Atônito, o Americano via o rival trocar bolas, virar o jogo de um lado para o outro e não conseguia entrar no jogo. De cabeça, Arão carimbou o travessão de Luis Henrique. Pouco depois, o goleiro defendeu chute rasteiro de Diego. 
O Flamengo cochilou por uns minutos e o rival ameaçou Diego Alves pela primeira vez. Aos 44, o camisa 1 espalmou chute forte de Flamel e evitou o pior.
Mesmo em tarde de ótima atuação, o meia Diego teve seu momento de baixa no jogo. Aos 32, o camisa 10 recebeu de Pará, mas furou na hora de finalizar em gol.

REPETECO

Assim como no primeiro tempo, o Flamengo começou a todo vapor. Pará acertou novo cruzamento, Gabriel resvalou de calcanhar, mas a bola caprichosamente beijou a trave. Na sobra, Vitinho empurrou para dentro e marcou seu segundo.
Mas dessa vez o time não deixou o ritmo cair e liquidou a fatura. Aos 6 minutos, Gabigol festejou seu primeiro gol com a camisa do novo clube. Ele foi servido por De Arrascaeta, bateu forte, a bola resvalou na zaga e matou o goleiro. Alívio e festa para o camisa 9.
Ante um adversário vencido, o Flamengo colecionou oportunidades de ampliar ainda mais o placar, mas faltou acertar na hora de decidir. Assim como na etapa inicial, o Americano pouco ameaçou, mas conseguiu seu golzinho de honra. Aos 37 minutos, Espinho subiu mais que todo mundo e testou para o gol após escanteio.
Antes que os visitantes se animassem muito, os donos da casa trataram de liquidar a fatura. Berrío cruzou, Diego bateu e decretou o Carnaval antecipado da torcida rubro-negra.

Nenhum comentário