Header Ads

CMCG

Deputada exige novas reformas no Plenário, e ALPB prorroga recesso parlamentar


A Assembleia Legislativa só retomará as atividades a partir da segunda quinzena deste mês. O recesso foi prorrogado porque o Plenário da Casa terá que passar por novas reformas para que se adapte às necessidades especiais da deputada Cida Ramos (PSB), portadora de deficiência física.As cobranças da deputada, que vai exercer o mandato pela primeira vez para o qual obteve a maior votação do Estado, foram feitas durante a abertura dos trabalhos legislativos, na qual esteve presente o governador do Estado, João Azevêdo (PSB).

Ela lembrou ao Poder Legislativo que tem que estar preparado para acolher a todos os paraibanos, até porque o Estado possui 1,045 milhão de pessoas com deficiências.

“Enquanto esta Casa estiver com estes batentes e com uma tribuna que não me dá o acesso de exercer plenamente o direito de usar a tribuna, o direito de ir e vir, esta Casa precisa estar fechada para que ela esteja com a acessibilidade garantida a todos”, destacou.

“Eu quero deixar claro que isso não é só uma coisa de Cida Ramos, mas eu estou tratando para que os desiguais tenham a possibilidade de serem tratados como iguais. Quinze dias não serão nada diante de um desrespeito que é elementar a um direito que está escrito na Constituição Federal. Esta é uma Casa de leis e deve respeitar o que está garantido na Lei”, destacou.

O presidente Adriano Galdino (PSB) acatou o pedido da parlamentar e convocou um arquiteto para fazer as devidas adaptações no Plenário e acredita que dentro de 15 dias as atividades parlamentares sejam retomadas.

Nenhum comentário