Header Ads

CMCG

Homem agredido e atropelado por caminhoneiro morre em hospital de Trauma


Brutalidade. Morreu no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, o  homem que foi agredido e atropelado por um caminhoneiro nesta quinta-feira (17), dem Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba
Ele foi levado à unidade em estado de saúde gravíssimo, depois de ser atingido na cabeça, atropelado duas vezes e ter o corpo jogado às margens da BR-230. A morte da vítima foi confirmada pela assessoria do hospital. O corpo de Jorge José Antônio da Silva, de 26 anos, foi encaminhado ao IML.
Depois do crime contra o ajudante, o caminhoneiro foi até a Central de Polícia Civil e confessou o caso.
Conforme contou o suspeito à polícia, ele estava em Itapororoca, bebendo com o ajudante do caminhão. Ele seguiu até um posto de combustíveis e, quando chegou no local, percebeu que o ajudante estava amolando uma faca de serra.

Em uma suposta tentativa de defesa, o caminhoneiro pegou um pedaço de cerâmica e jogou na cabeça do ajudante. Com o desmaio da vítima, o caminhoneiro achou que ele estava morto. Por isso, colocou o corpo em cima do caminhão e seguiu para a rodovia.
O caminhoneiro jogou o corpo do ajudante às margens da BR-230. Ele conta que, como a vítima ainda apresentava sinais de vida, ele mesmo deu ré no caminhão e atropelou o ajudante, passando por cima das pernas.

Posteriormente, o caminhoneiro foi até a Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, em João Pessoa, onde confessou o que havia acontecido. A polícia foi até o local, mas não encontrou o corpo. Depois descobriram que o Samu havia feito o resgate e que teria encaminhado o homem ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde não resistiu e morreu.

Nenhum comentário