Header Ads

CMCG

Crianças reféns do próprio pai são resgatadas em Queimadas



Após 20 horas de negociações para a libertação de duas crianças de 4 e 5 anos feitas reféns pelo próprio pai, a Polícia Militar invadiu a casa de Antônio Augusto Sobrinho, de 45 anos, que sofria de depressão e estava em surto psicótico. As crianças ficaram em cárcere privado desde as 6h da terça-feira (1º) sob a ameaça de uma faca e foram resgatadas às 5h20 desta quarta-feira (2). O caso aconteceu no bairro Castanho, em Queimadas.
As negociações foram feitas através de uma escada colocada na varada da residência do homem. Ele ameaçava as crianças e dizia que ia tirar a própria vida, em alguns momentos, bastante agressivo. Foram acionados psicólogos do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Conselho Tutelar e uma irmã do suspeito. As crianças passaram todo o dia sem se alimentar, chorando e assustadas com a situação. Um pacote de biscoito foi entregue por policiais, mas o homem o jogou de volta.
Equipes do Força Tática, Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), estiveram no local. Os meninos foram levados para o Hospital Geral de Queimadas e Antônio Augusto foi atendido pelo Samu, de onde seguiu para a delegacia da cidade.
Antônio Augusto criava os filhos sozinho desde que a mãe abandonou a família. Após se casar novamente, ele perdeu a esposa por suicídio há pouco menos de um mês. Em decorrência dos acontecidos, ele começou a apresentar sintomas de depressão e tomava remédios controlados, mas parou por conta própria. Ele deve receber acompanhamento psiquiátrico e as crianças ficarão à disposição do Conselho Tutelar.

OP9

Nenhum comentário