Header Ads

CMCG

Câmara de Bayeux absolve Berg Lima e vota pela permanência dele na prefeitura


Por 11 votos a 5 e com uma abstenção, Berg Lima foi absolvido e permanece como prefeito do município de Bayeux. Essa foi a decisão da Câmara Municipal durante sessão extraordinária realizada nesta quinta-feira (3), tendo início as 9h30, mas que só chegou ao fim às 22h.
Nos dois processos que faziam parte do relatório que pedia a cassação de Berg, o prefeito conseguiu a permanência no cargo por apenas um voto, já que 11 vereadores votaram pela sua cassação. No entanto, para que Berg deixasse a prefeitura, seriam necessários que 2/3 da Câmara, ou seja, 12 vereadores, votassem favoráveis a sua saída. 
No processo de cassação, agora arquivado pela câmara, o prefeito Berg Lima é acusado de fraudes na locação de veículos pela prefeitura da cidade.
Como votaram os vereadores:
Votaram 'Não', ou seja, pela cassação do prefeito, os vereadores: Cabo Rubem, Guedes, França, Lico e Netinho. A favor de que Berg deixasse a prefeitura de Bayeux, votaram 'Sim': Adriano Martins, Betinho da RS, Inaldo Andrade, Dedeta, Noquinha, Roni, Zé Baixinho, Adriano do Táxi, Josauro, Uedson Orelha e Luciene de Fofinho. Jeferson Kita, presidente da Câmara se absteve.

PB Agora

Nenhum comentário