Header Ads

CMCG

Segundo deputado mais votado da Paraíba evita bater de frente com João Azevêdo



O deputado eleito pelo Patriota para a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Walber Virgolino, afirmou recentemente em entrevista a imprensa, que ajudará o governador eleito pelo PSB, João Azevedo, a governar a Paraíba. Virgulino que obteve nestas eleições de 2018, mais de 48 mil votos, já foi secretario de Segurança da Paraíba, na gestão do Ricardo Coutinho (PSB), mas depois rompeu com o socialista. Apesar disso, ele deixou transparecer que fará uma oposição equilibrada na ALPB ao futuro governador.
“Minha intenção ao entrar na Assembleia é contribuir e lutar pelo interesse do povo. O povo não quer mais revanchismo imbecil nem interesse de ódio”, destacou. Questionando sobre qual bancada irá integrar na Casa Epitácio Pessoa, Virgolino se posicionou como independente.

“Não me considerou um deputado de situação ou oposição. Serei independente como assim reza a Constituição e exige a população paraibana”, pontuou. Ele afirmou ainda que terá um relacionamento “profissional” com o governador eleito João Azevêdo (PSB). “O que ele fizer para ajudar o povo contará com o meu apoio. O que não for de interesse público não defenderei”, destacou.

O delegado paraibano Walber Virgolino também foi Secretário de Justiça e Cidadania (Sejuc) do Rio Grande do Norte, na gestão do governador Robinson Faria e deixou o cargo para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba.

Em recente encontro com João Azevêdo numa emissora de Televisão da capital, o deputado eleito pela oposição, manteve uma conversa bastante cordial, o que levantou suspeitas da adesão do parlamentar. Walber Virgolino teria dito que estava pronto para ajudar e respondeu com uma música de Luiz Gonzaga: “Seu delegado, sem encrenca eu não brigo Se ninguém bulir comigo Num sou homem pra brigar”, comentou Walber. “João Azevedo é um cabra bom, nunca tive problemas com ele.”

PBAgora

Nenhum comentário