Header Ads

CMCG

Buba exige transparência no processo de eleição da Mesa da ALPB


“A sociedade exige transparência, isonomia, eficiência de gastos e por que não podemos nos associar a isso? Qual é dificuldade de termos total transparência no acesso de contratos publicados, assim como tem os deputados federais? Nenhuma. Temos sim, que nos ajustarmos aos interesses dos órgãos de controle. A sociedade nos cobra isso e qualquer um dos pretendes vai ter que fazer esses ajustes”. A declaração foi dada hoje, terça-feira (18), pelo deputado estadual reeleito, Buba Germano (PSB), ao se rebelar, publicamente contra a própria base a que pertence.
Durante a entrevista, Buba ainda negou a existência de qualquer tipo de acordo para que a eleição aconteça em dois biênios. Ainda conforme o socialista, a base sequer se reuniu para conversar internamente e traçar as estratégias. Sobre a indicação de Adriano Galdino (PSB) para presidir o primeiro biênio, Buba destaca respeito, mas não confirma apoio.
“Ele é meu amigo, contribuí muito com a gestão dele, não participei de nenhuma das duas Mesas. Até agora nós não fizemos nenhuma reunião partidária da maior bancada que tem oito parlamentares. Divirjo da forma de encaminhamento existente. Não há definição da eleição para o primeiro e muito menos para o segundo biênio”, ressaltou.
Ao final Buba destacou que continuará no páreo para presidir a Casa de Epitácio Pessoa.

Nenhum comentário