Header Ads

CMCG

Afastado, Berg Lima recebe R$ 320 mil em salários e imprensa nacional repercute crise em Bayeux



O portal UOL repercutiu a crise política e econômica do município de Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa. Segundo a matéria publicada no site, neste domingo (2), Berg Lima (sem partido) segue afastado do cargo de prefeito mas já recebeu R$ 320 mil em salários. A reportagem aponta ainda que a corrupção levou Bayeux ao ponto de ter quatro prefeitos em dois anos.

O UOL mostra que Berg Lima foi preso ao ser flagrado, em vídeo, recebendo propina de um empresário que queria os pagamentos de fornecimentos feitos à prefeitura e mostra também que Berg é alvo do Ministério Público da Paraíba e da Justiça. Além disso, o portal mostrou que Luiz Antônio assumiu a cadeira de prefeito e que foi cassado oito meses depois também acusado de cobrar propina de outro empresário, dessa vez para soltar mais um vídeo que prejudicaria Berg Lima.

Atualmente, Noquinha é o prefeito interino e presidente da Câmara Municipal e vai passar o comando de Bayeux para Jefferson Kita, o presidente da Câmara no biênio 2019/2020. O UOL ouviu as queixas de moradores que reclamam do caos vivido no município com a troca intensa de prefeitos e os escândalos de corrupção.

Veja a reportagem na íntegra.

Corrupção faz cidade da PB ter 4 prefeitos em 2 anos; acusado ganha salário


Primeirasnotícias/Uol

Nenhum comentário