Header Ads

CMCG

Ex-deputado alvo de mandado de busca da PF na Operação Capitu na Paraíba é Manoel Júnior


O ex-deputado federal em cuja residência foi cumprido mandado de busca e apreensão na manhã de hoje na Operação Capitu, da Polícia Federal, é Manoel Júnior, atualmente filiado ao PSC. As viaturas foram vistas no prédio onde ele mora no Altiplano Cabo Branco. Manoel também é vice-prefeito de João Pessoa e, depois de tentar disputar o Senado, acabou voltando tardiamente na disputa pela Câmara Federal, não obtendo êxito.
A Polícia Federal divulgou um texto no qual diz que o mandado se refere a um deputado federal que à época dos fatos teria recebido 50 mil reais do grupo como contrapartida, em decorrência da tentativa de promover a federalização das inspeções sanitárias de frigoríficos por meio de uma emenda, cujo objeto tinha natureza totalmente diversa do escopo da medida provisória nº 653/2014 na qual foi inserida.
A Operação tem apoio da Receita Federal do Brasil e seu objetivo é desarticular uma organização criminosa que atuava na Câmara dos Deputados e no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Estão sendo cumpridos 63 mandados judiciais de busca e apreensão e 19 mandados de prisão temporária, todos expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Foram mobilizados 310 Policiais Federais nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraíba e no Distrito Federal.
O inquérito policial foi instaurado em maio deste ano, baseado em declarações prestadas por Lúcio Bolonha Funaro, sobre supostos pagamentos de propina a servidores públicos e agentes políticos que atuavam direta ou indiretamente no MAPA em 2014 e 2015.

Parlamentopb

Nenhum comentário