Header Ads

CMCG

Educação Financeira faz parte de Curso de Especialização no Estado


Uma aula inaugural deu início ontem ao Curso de Especialização em Educação Financeira (CEEF) realizado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A aula aconteceu no Auditório 211 do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) e contou com a participação da superintendente da Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF – Brasil), Cláudia Forte, que falou sobre o tema “as Estratégias Nacionais de Educação Financeira”. Representando o secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade de Barros, a gerente de recursos humanos da secretaria e responsável na coordenação da parceria, Carol Lubambo, explicou que a educação financeira não está inserida como disciplina e sim como tema transversal.
“Ela não é uma disciplina específica de professores de língua portuguesa ou de matemática como se pensa. Ela é uma temática que precisa estar transversal em todo o currículo já que o seu conteúdo precisa estar diariamente no nosso convívio, seja em nossa casa ou na nossa escola”, disse.

A Paraíba é pioneira no Nordeste na especialização, porém essa temática já vem sendo trabalhada em outros estados, inclusive com polos criados para desenvolver varias outras ações. “Na Paraíba estamos criando esse polo e já começamos não com ações de pequena duração e sim com uma ação de especialização de 360 horas, gerando uma titulação para os professores da rede estadual de ensino público e a partir daí nós incentivamos também a valorização profissional por meio da progressão na carreira”, explicou.

O Curso de Especialização em Educação Financeira é um projeto da AEF-Brasil em parceria com a UFPB, a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba e a Secretaria de Estado da Educação para oferecer Especialização em Educação Financeira para professores da rede pública. Ele terá um ano de duração e será aplicado nas escolas públicas da Paraíba, com a inserção como base da educação infantil e jovem, seja por meio da experiência em sala de aula ou de projetos pedagógicos dos professores da rede pública junto aos alunos e à comunidade.

Nenhum comentário