Header Ads

CMCG

Projeto de lei de João Dantas irá estimular, promover e formar cuidadores voluntários de idosos em Campina Grande



O vereador João Dantas (PSD), membro do Conselho Municipal do Idoso, apresentou o Projeto de Lei 256/2018 na Câmara Municipal de Campina Grande, que cria um programa municipal para estimular, promover e formar cuidadores voluntários de idosos no município.

O vereador explica que considera-se o “cuidador voluntário  de idoso” todo aquele que exerce função de cuidar, numa relação de proximidade física e afetiva, de pessoas idosas que precisem de cuidados para a prática de hábitos da vida diária, exercícios físicos, uso de medicamentos, higiene pessoal, distrações e passeios, entre outros, voltados para a obtenção de uma vida normal e saudável, voluntariamente e sem pretensão de qualquer contrapartida, inclusive de natureza remuneratória.

Segundo Dantas, o projeto de lei tem como objetivo promover a figura do Cuidador Voluntário de Idosos, ou seja, daquela pessoa que cuida de outras que precisam de assistência, de modo a fazer com que cada vez mais pessoas atuem nessa atividade de tão alto interesse social, visando inclusive, dar-lhes a adequada capacitação.

“Em Campina Grande temos várias instituições e programas, governamentais ou não, que militam na defesa do bem-estar social da pessoa idosa. No nosso entendimento o que falta é a promoção dessa atividade. Muitos jovens caridosos, sobretudo os que convivem em ambientes religiosos de EJCs, tem procurado realizar atividades voluntárias para promover o bem ao próximo. Existem filas de espera para ser voluntário em programas como os ‘Doutores da Brincadeira’ que visitam hospitais vestidos de palhaços na tentativa de trazer alegria aos pacientes que sofrem graves enfermidades. Outros tantos grupos de jovens se aventuram nas madrugadas para distribuir sopa, roupas e alimentos para os que vivem nas ruas de Campina Grande. Para nós, estas ações são extremamente louváveis, entretanto, poucos atentam para o campo vasto e pouco explorado do voluntariado que é o cuidado com pessoas idosas”. Justificou Dantas.

Nenhum comentário