Header Ads

CMCG

Polícia prende dez suspeitos de participação na explosão do PB1; grupo estava com fuzil, em flat, na orla da Capital



Um grupo de dez pessoas, suspeitas de terem participado da explosão do Presídio de Segurança Máxima da Paraíba Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB1, na madrugada desta segunda-feira (10), foi preso, na tarde de hoje, dentro de um flat, na orla de Manaíra, em João Pessoa, Estado da Paraíba. 
O Coronel Euller Chaves informou que eram cinco casais, sendo cinco mulheres e cinco homens. Com eles a polícia apreendeu fuzis utilizados no ataque, duas pistolas e um revólver, além de outras armas que também teriam sido utilizadas na ação.
A quadrilha, segundo a polícia, é de Campina Grande. O grupo faz parte do bando responsável por realizar o resgate dos detentos.
Mais detalhes sobre as novas prisões serão apresentados às 17h, na Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Mangabeira), que vai atualizar o número de presos recapturados.




PBAgora

Nenhum comentário