Header Ads

CMCG

Maranhão e Lucélio ouvem demandas de Procuradores do Estado, e Azevedo promete dobrar abono natalino




Oficialmente, o período para a campanha eleitoral autorizado pela Justiça Eleitoral, só começa após o dia 15 de agosto. No entanto, passada as convenções partidárias, que homologaram as candidaturas, os postulantes ao governo do Estado na Paraíba tem intensificado as atividades de caça ao voto, e busca de apoio.
O candidato José Maranhão (MDB), ouviu demandas de Procuradores do Estado.
“Nenhuma máquina funciona plenamente com peças faltando. Na gestão pública é da mesma forma. Precisamos ouvir todos os segmentos para identificar as necessidades e trabalhar para garantir melhorias. Essa vai ser uma das marcas do nosso governo”, afirmou Maranhão.
O candidato ao governo do Estado pelo PV, Lucélio Cartaxo, também se reuniu com representantes da Defensoria Pública da Paraíba. No encontro, Lucélio ouviu as demandas da categoria e garantiu que na sua gestão a justiça será forte e interiorizada, ampliando o acesso àqueles que mais precisam.
“A Paraíba tem 41% da população vivendo na linha ou abaixo da linha da pobreza, pessoas que muitas vezes não podem pagar por um advogado. Na nossa gestão, teremos uma Defensoria Pública forte e regionalizada, assim permitiremos que os paraibanos e paraibanas, seja no Litoral ou Sertão, possam contar com o Estado ao seu lado quando mais precisem”, disse.
Lucélio defendeu também que a gestão estadual precisa abrir as portas ao diálogo com os defensores. “O Estado não pode encontrar os poderes somente nos tribunais de justiça, ele precisa ser parceiro e estabelecer a conversação com as categorias. O princípio da resolutividade está no diálogo. Quem dá as costas aos defensores públicos, dá as costas à população”, disse.
Outra garantia dada pelo pré-candidato foi o repasse do duodécimo à categoria. “Em João Pessoa, na gestão do prefeito Luciano Cartaxo, o duodécimo sempre foi repassado religiosamente. Isso precisa ser expandido para todo Estado. Para atender a população com qualidade, a justiça precisa ser fortalecida. E para isso, antes de tudo, precisa ser respeitada pelo Estado”, disse Lucélio Cartaxo.
Já o  candidato do PSB ao Governo da Paraíba, João Azevêdo, anunciou que irá dobrar, já no próximo ano, o valor do Abono Natalino pago pelo Estado aos beneficiários do Bolsa Família, caso seja eleito. O anúncio foi feito na presença de centenas de pessoas que lotaram as dependências do ginásio do Prosind, em João Pessoa, para prestigiar a Plenária das Mangabeiras, na noite desta quinta-feira (9).
João lembrou que o ‘13º do Bolsa Família’, como ficou conhecido o abono, é pago pelo Governo do Estado a mais de 500 mil famílias desde 2012, através da Secretaria de Desenvolvimento Humano.
“Esse foi um programa instituído aqui na Paraíba pelo governo do PSB, pelo governo do companheiro Ricardo Coutinho”, destacou o candidato socialista, lembrando que o valor pago a cada beneficiário no ano passado foi de R$ 32.
Ele ressaltou que a Paraíba é o único Estado a conceder o Abono Natalino às famílias inscritas no Bolsa Família.
“Enquanto o Governo Federal faz cortes no Bolsa Família, nós aqui na Paraíba vamos dobrar o abono natalino em 2019 para R$ 64, dando mais dignidade às famílias que são beneficiárias do programa”, garantiu João, acrescentando que, no total, já foram investidos com recursos próprios do Tesouro Estadual aproximadamente R$ 98 milhões no programa.

PB Agora

Nenhum comentário