Header Ads

CMCG

Recusa de garrafões de água mineral perto da validade pode acarretar alta multa

Consumidores reclamam de uma prática que tem se tornado comum em Campina Grande. Muitos fornecedores e revendedores de água mineral se recusam a receber o vasilhame se estiverem próximo da data de vencimento. É comum a recusa até de garrafões com cinco meses antes do prazo de validade.
Para o coordenador do Procon de Campina Grande, Rivaldo Rodrigues, essa é uma prática inescrupulosa e que as pessoas devem denunciar.
– Há uma legislação sobre o assunto que obriga o fornecedor a receber o botijão até dentro do mês da validade. Se estiver gradado no produto um determinado mês, ele deve receber até o último dia deste mês. Essa validade já é calculada para garantir o controle de qualidade do produto. Em caso de recusa, orientamos que se procure o Procon para registrar a queixa em cima desses fornecedores inescrupulosos – disse.
Após a queixa, o Procon realiza uma fiscalização e, se comprovada a irregularidade, os revendedores poderão pagar uma multa que varia de R$ 5 mil a R$ 20 mil.
*Informações da Rádio Campina FM


Paraibaonline

Nenhum comentário