Header Ads

CMCG

Nos pênaltis, Croácia bate a Dinamarca e avança às quartas de final




A Croácia precisou dos pênaltis para vencer a Dinamarca e passar às quartas de final da Copa da Rússia. No tempo regulamentar, o jogo terminou empatado em 1 a 1. Na prorrogação, 0 a 0. Nos pênaltis, 3 a 2. O jogo foi realizado em Nizhny Novgorod. 
O jogo da Croácia pelas quartas de final está marcado para o próximo sábado (7), em Sochi
Gol da Dinamarca
O jogo começou eletrizante. Logo a 2', Knudsen bateu lateral na direita até a grande área. Mathias Jorgensen dominou a bola e chutou cruzado. A bola rasteira bateu no goleiro Subasic antes de entrar mansamente no canto direito.
Empate da Croácia
O gol era tudo o que a Dinamarca sonhava. Com isso, poderia praticar seu jogo de forte marcação. No entanto, quase por acaso, a Croácia empatou três minutos depois. Vrsaljko cruzou da direita, a defesa bateu cabeça e a bola sobrou para Mandzukic. O atacante da Juventus mandou para as redes. 
Domínio croata
A partir daí, a Croácia passou a dominar, mas sem criar grandes chances de gol. Na melhor delas, aos 28', Raktic chutou de fora da área. O goleiro Schmeichel espalmou. No rebote, Perisic desperdiçou, chutando por cima do gol. 
Dez minutos depois, Modric cobrou falta na cabeça de Lovren. O zagueiro desviou muito perto do gol de Schmeichel. 

Domínio da Dinamarca
Na segunda etapa, o jogo ficou mais truncado no meio-campo. As equipes temiam tomar um gol, o que complicaria muito as possiblidades de passar às quartas. 
Para tentar ganhar o meio de campo, o técnico Age Hareide, da Dinamarca, colocou Schöne. Aos 21', tentando dar mais mobilidade ao ataque, Nikolai Jorgensen entrou no lugar do apagado Cornelius. 
Aos 27', foi justamente Nikolai Jorgensen quem teve uma boa chance, após boa jogada de Poulsen pela direita. O atacante chutou da entrada da área. Mas a bola saiu fraca, para a defesa de Subasic. 
Domínio da Croácia
Aos poucos, os valores individuais da Croácia começaram a prevalecer. Em jogada individual, aos 33', Rebic levou perigo ao gol dinamarquês. Schmeichel, porém, defendeu. Aos 38', Perisic desviou cruzamento de cabeça. A bola passou perto do gol de Schmeichel.
Antes do fim do tempo regulamentar, cada equipe ainda teve uma chance. Aos 47', Raktic chuta de longe e a bola passou perto do gol dinamarquês. Um minuto depois, foi a Dinamarca quem levou perigo. Eriksen bateu escanteio. Subasic cortou. No rebote, Braithwaite chutou com perigo ao gol. Mas a bola também foi para fora.
Prorrogação
Sem muitas opções de jogo, a Dinamarca apostava na bola parada, tanto nos escanteios com Eriksen, como nos laterais perigosos cobrados dentro da área por Knudsen. Aos 9', em uma jogada que não foi de bola parada, Schöne driblou Kovacic e chutou de fora da área à direita do gol de Subasic. 
Aos 14', Kramaric recebeu lançamento e chutou quase sem ângulo. A bola bateu na defesa e obrigou Schmeichel a mandar para escanteio. 
No segundo tempo da prorrogação, aos 2', Sisto, que acabara de entrar no lugar de Braithwaite, apareceu bem pela esquerda, cortou o defensor e chutou cruzado. A bola passou com perigo à esquerda do gol de Subasic.
Aos 9', veio o lance decisivo. Rebic recebeu bom lançamento, passou por Schmeichel e acabou derrubado. O árbitro marcou pênalti. Modric praticamente atrasou para o goleiro. Aos 14', Modric ainda escapou bem pelo meio e chutou da entrada da área. Schmeichel defendeu de novo. 
Pênaltis
?Na disputa de pênaltis, Kjaer e Krohn-Dehli fizeram para a Dinamarca; Kramaric, Modric e Raktic para a Croácia. Eriksen, Schöne e Nikolai Jorgensen (Dinamarca) e Badelj e Privaric (Croácia) desperdiçaram. 

Ficha técnica
1º/7 – Estádio Nizhny Novgorod (Nizhny Novgorod)
CROÁCIA 1X1 DINAMARCA (pênaltis: 3x2)
Árbitro: Nestor Pitana (Argentina); Público: não disponível; Gols: Jorgensen a 1’ e Manduzkic aos 4’ do 1º tempo; Cartão amarelo: Mathias Jorgensen (Dinamarca)
CROÁCIA: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pivaric, aos 38’ do 2º tempo); Raktic e Brozovic (Kovacic, aos 26’ do 2º tempo); Rebic, Modric e Perisic (Kramaric, aos 7’ do 1º tempo da prorrogação); Mandzukic (Badelj, aos 3’ do 2º tempo da prorrogação). Técnico: Zlatko Dalic
DINAMARCA: Schmeichel; Knudsen, Kjaer, Jorgensen e Dalsgaard; Christensen (Schöne, no intervalo), Delaney (Krohn-Dehli, aos 8’ do 1º tempo da prorrogação) e Eriksen; Yurary, Cornelius (Nikolai Jorgensen, aos 21’ do 2º tempo) e Braithwaite (Sisto, no intervalo da prorrogação). Técnico: Age Hareide
Texto: R7
(Foto: REUTERS/Darren Staples)
Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Nenhum comentário