Header Ads

CMCG

Lígia Feliciano mantém pré-candidatura ao governo e anuncia convenção para Asplan


Com o slogan “Aqui é Trabalho e Coração”, a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) disse, nesta segunda-feira (30), que sua pré-candidatura ao Palácio da Redenção está mantida e anunciou para o próximo domingo (5) a convenção estadual do partido.
Os pedetistas vão se reunir, a partir das 10 horas, no auditório da Asplan, em João Pessoa. “Vamos fazer uma grande convenção com a presença de lideranças de toda a Paraíba e representantes da direção nacional do PDT para homologar as candidaturas do partido”, adiantou Lígia, após se reunir com a direção da legenda nesta segunda.
Em busca de apoio, Lígia Feliciano ressaltou que vai intensificar durante esta semana as articulações políticas e agendou conversas com dirigentes do PT, PC do B e PSC e outras agremiações políticas da Paraíba. Ela não confirmou que será candidata a senadora na chapa encabeçada por João Maranhão (MDB), que também concorre ao Palácio da Redenção.

No Cariri e Sapé

Lígia Feliciano disse que teve agenda intensa, no último final de semana, com a participação em um encontro religioso em João Pessoa. Depois, visitou participou ao lado do deputado Damião Feliciano (PDT) da Festa de Santana, no município do Congo, no Cariri da Paraíba. Eles foram recebidos pelo prefeito Júnior Quirino
A pré-candidata também de reuniu com agricultores, em Sapé, na Zona da Mata paraibana. Dirigiu um trator e conversou com homens e mulheres do campo que vivem da agricultura de subsistência, mas que sem incentivo pensam em desistir da cultura tradicional.
“O homem que vive no campo, que planta, cultiva, quer permanecer no campo, gosta da vida que leva. Ele merece mais atenção. O estado tem que proporcionar melhorias, elas estão no meu plano de governo, que está sendo construído. Vamos capacitar, criando câmaras técnicas que proporcionará consultorias aos pequenos agricultores, vamos distribuir kits de irrigação, para impulsionar o cultivo de subsistência”.
A pré-candidata ainda afirmou que está sendo elaborando um plano de desenvolvimento econômico estadual. “ Sem incentivos ao homem do campo, ele sairá do campo. Vamos investir ainda mais no consumo dos produtos cultivados na Paraíba, como o queijo de cabra, de Taperoá, o arroz vermelho e negro, no Vale do Piancó, e tantos outros cultivos”, complementou.


Com estas medidas, Lígia pretende conter o êxodo rural, por falta de oportunidades, e evitar a migração das pessoas do campo para as periferias dos grandes centros.

JPOnline
 

Nenhum comentário