Header Ads

CMCG

Grávida é esfaqueada pelo ex-companheiro dentro de Delegacia da Mulher na Paraíba

Uma gestante de 37 anos foi esfaqueada pelo ex-companheiro, dentro da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher do município de Bayeux, na Grande João Pessoa.
O crime ocorreu na noite dessa terça-feira (8), quando a vítima aguardava para prestar queixa contra Gabriel Correia, de 28 anos.
Segundo o sobrinho da vítima, que a acompanhava na delegacia, ela e Gabriel estavam em locais separados na delegacia. Ela aguardava ser atendida pela delegada, quando foi surpreendida pelo acusado.
O sobrinho ainda tentou ajudá-la, mas o acusado só se afastou quando uma policial chegou e atirou para conseguir prendê-lo. A mulher, grávida do segundo filho do ex-companheiro, foi atingida por ele no olho direito e teve ferimentos em outras partes do corpo.
A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade e, em seguida, levada para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Ela continua em observação e seu quadro é estável.
HISTÓRICO DE VIOLÊNCIA
Separado desde 2017, o casal já tem um filho pequeno. Por medo das ameaças do acusado, que não aceitava o fim do relacionamento, a mulher decidiu morar em São Paulo, mas retornou à Paraíba no último domingo para ver a criança.
Ela mostrou à polícia mensagens com ameaças enviadas por Gabriel para o seu celular. Em uma delas, ele dizia que não sossegaria até matá-la. Nas mensagens, ele também ameaçou de morte a mãe da vítima e o próprio filho.
Levado para a Central de Polícia de João Pessoa, Gabriel prestou depoimento e deve passar por audiência de custódia hoje. Ele também já responde a outros quatro inquéritos por violência doméstica, um deles por tentativa de homicídio contra outra ex-companheira.

Nenhum comentário