Header Ads

CMCG

NA ALPB: Tovar apresenta voto de repúdio ao governador por viagem à Curitiba com dinheiro público



O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) apresentou voto de repúdio ao governador Ricardo Coutinho (PSB), junto à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), pelo uso indevido de recursos públicos para custear viagem à Curitiba com o objetivo de visitar o ex-presidente Lula (PT) na cadeia.
 
“Não podemos admitir a utilização do dinheiro público para essa finalidade. Estamos falando de uma visita a um preso e de uma viagem que nada contribuiu para o desenvolvimento econômico da Paraíba e que foi feita utilizando o nosso dinheiro e ainda em um horário que deveria estar trabalhando. Então, apresentei esse voto de repúdio junto à Assembleia Legislativa, pois ele reflete a indignação da população”, destacou. 
 
Ricardo Coutinho foi até Curitiba na última segunda-feira (9) para visitar Lula no dia seguinte ao lado de outros governadores e lideranças. O secretário de Comunicação do Estado, Luís Torres, chegou a informar que o socialista embarcaria em um voo comercial.
 
Segundo Tovar, para justificar o injustificável o governador ainda emite nota com a ‘seguinte pérola’: “O governador Ricardo Coutinho fez uma viagem para cumprir agenda institucional de visita a um ex-chefe de Estado que, enquanto presidente da República, fez pela Paraíba muito mais do que muitos representantes políticos em exercício deste país”.
 
“Não podemos admitir que as afinidades políticas do governador sejam tratadas como assunto de Estado. É inadmissível! Tanto que os outros governadores que também foram à Curitiba não se utilizaram da estrutura pública, mas sim, pagaram passagens e hospedagem com dinheiro próprio. Por que só Ricardo Coutinho poderia fazer isso?”, questionou.
 
Representação – Na tarde da última quinta-feira (12), Tovar Correia Lima, juntamente com a bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deu entrada em uma representação junto ao Ministério Público de Contas solicitando que o órgão tome as providências para que o governador Ricardo Coutinho devolva aos cofres públicos o dinheiro que utilizou para custear as despesas com a viagem.
 
Prioridades - “Me pergunto por que o governador não visita os nossos presídios que estão caóticos ou o Lar do Garoto que há bem pouco tempo foi palco de uma chacina. Questiono se a prioridade não seria pagar a medicação para Janaina Barreto, que morreu por falta de um medicamento fornecido pelo estado; e também quitar a conta com a empresa que fornece tornozeleira eletrônica para que tenhamos alternativas de tirar alguns presos das unidades que estão lotadas”, destacou.

Nenhum comentário