Header Ads

CMCG

Leilão de grupo de aeroportos do NE passa dos R$ 700 milhões; JP e CG fazem parte do bloco




Os Aeroportos Castro Pinto (Bayeux) e João Suassuna (Campina Grande), na Paraíba, estão mais perto de serem privatizados. As propostas de concessões para administração dos locais podem receber lances superiores a R$ 700 milhões.
Os dois aeroportos paraibanos fazem parte do bloco mais caro de terminais, junto com os de Juazeiro do Norte (CE), Recife (PE), Maceió (AL) e Aracaju (SE).
O governo determina um preço mínimo para leiloar o empreendimento e repassá-lo ao setor privado. A expectativa é que tenham grandes propostas, principalmente no bloco do Nordeste, considerado o mais atrativo.
As empresas terão de arrematar os blocos fechados, sem excluir terminais de cada grupo, como apurou o jornal O Estado de S. Paulo.
Os preços de outorga de cada bloco devem ser apresentados ao mercado no dia 15 de maio, quando os projetos entram em consulta pública, pelo prazo de dois meses. O plano do governo é encaminhar as minutas dos editais ao Tribunal de Contas da União (TCU) no terceiro trimestre e publicar as propostas finais em meados de setembro, para realizar o leilão em dezembro, antes do Natal.

Nenhum comentário