Header Ads

CMCG

Daniella Ribeiro classifica como ‘grande erro’ forma como PSDB anunciou apoio a Lucélio: “Ninguém pode impor candidatura”



O Progressistas na Paraíba atualmente integra o campo das oposições, mas pode adotar uma postura de independência no pleito desse ano ou até mesmo marchar ao lado do Governo. As movimentações para um novo posicionamento começaram a ocorrer depois que o bloco das oposições se reuniu, em um encontro em Brasília, sem convidar os demais partidos de oposição, a exemplo do progressista, que foi um dos excluídos.

Para a deputada estadual Daniella Ribeiro (PP), que é irmã do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) e filha do vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro (PP), a forma como o PSDB anunciou apoio ao nome de Lucélio Cartaxo (PV), irmão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, foi não só um equívoco, como um grande erro. Segundo ela, ninguém pode impor candidatura.
“Foi um movimento equivocado, grande erro a forma que foi feita, ninguém pode impor candidatura. Esse para mim foi o maior erro dos partidos. Errou na forma que foi feito. Se tinha um entendimento que a aliança era com a oposição, deveria ter sido conversado com a oposição, fato que não aconteceu”, disse.
Daniella até revelou que tanto ela, quanto Aguinaldo, quanto o pai, Enivaldo estavam em Brasília no dia da reunião e retornaram no mesmo voo que Luciano Cartaxo (PV), Cássio Cunha Lima (PSDB) e Romero Rodrigues (PSDB) e só tomaram conhecimento da nota do PSDB em apoio a Lucélio no aeroporto de João Pessoa.
As declarações da parlamentar foram veiculadas na tarde desta terça-feira (17), em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM.

PB Agora

Nenhum comentário